Um dos carros mais divertidos de dirigir da gama Audi pode estar com seus dias contados. Entrevistado pela revista inglesa Autocar, o CEO Bram Schot deu indícios de que a marca alemã talvez não desenvolva uma nova geração para o TT, cupê esportivo que no Brasil tem preços entre R$ 277.990 e R$ 432.990.

“Temos algo em criação que pode substituí-lo, mas não necessariamente um sucessor direto”, declarou o executivo sobre o modelo que atualmente está em sua terceira geração – a primeira foi lançada em 1998. “Acho que há um futuro para este ícone, mas não sei se será um novo TT”, acrescentou Schot.

A suposta descontinuação do TT provavelmente está relacionada à reorganização da marca e corte de custos que a Audi vem praticando. A meta da empresa é de enxugar cerca de US$ 17 bilhões em despesas e ampliar o investimento em híbridos e elétricos.

E quem ocuparia o lugar do TT? Há quem já aposte em um SUV esportivo com estilo cupê ou mesmo em um cupê de quatro portas, mais espaçoso que o modelo em linha (espaço, aliás, é algo que o TT fica devendo mesmo). A atual geração, de qualquer forma, não deve ser descontinuada antes de 2022.