A Kawasaki apresentou nesta semana a nova Versys 1000 no Brasil. Lançada no último Salão de Milão (Itália), a crossover com visual repaginado e munida de mais eletrônica começa a ser vendida no dia 15 de julho, custando R$ 55.490 na versão Standard e R$ 66.990 na Grand Tourer.

Em ambas as configurações, a moto vem equipada com o motor de 1.043 cm³ e quatro cilindros, que entrega 120 cv a 9.000 rpm e 10,4 kgfm a 7.500 rpm. O câmbio de seis marchas ganhou embreagem assistida e função quickshift, que permite fazer trocas sem o uso da embreagem.

Tal como a Ninja 400, a Versys 1000 agora tem faróis, lanternas e piscas com luzes de led. Na eletrônica, destaque para o sistema KIBS (Kawasaki Intelligent anti-lock Break System), que gerencia os freios ABS para um funcionamento mais preciso. Também são de série o controle de tração em três níveis, os dois modos de potência do motor (full e low) e os freios dianteiros com discos duplos de 310 mm e fixação por pinças monobloco de montagem radial.

O acelerador eletrônico da motocicleta foi aprimorado e agora a Versys conta com piloto automático e seletor de modos de pilotagem; este último disponível somente na versão topo de linha, que tem exclusividades como o painel digital com tela TFT, malas laterais, top case, protetor de motor e faróis auxiliares.

Outra novidade do modelo é a central inercial (IMU), que monitora o comportamento da moto em tempo real, e o chip Bluetooth que permite fazer uma conexão com o smartphone e controlar alguns ajustes pelo aplicativo Rideology.