O novo BMW M3 começa a ser vendido no Brasil, com grade polêmica e tudo mais. A nova geração da versão esportiva do Série 3 chega ao país em duas versões: Competition, com preço sugerido de R$ 757.950, e Competition Track, tabelada em R$ 849.950. Segundo a marca, as primeiras unidades serão entregues aos compradores no mês de maio.

Polêmica do design dianteiro à parte (aliás, diz pra gente nos comentários a sua opinião sobre a enorme grade), o novo M3 impressiona pelo conjunto mecânico. Ele é equipado com motor 3.0 turbo de seis cilindros à gasolina, que entrega 510 cv e 66,3 kgfm. Com câmbio automático de oito marchas, o sedã acelera de zero a 100 km/h em 3,9 segundos e atinge velocidade máxima de 290 km/h.

Na versão Competition, o novo BMW M3 conta com freios a discos duplos ventilados e perfurados de 380 mm x 36 mm no eixo dianteiro e 370 mm x 24mm no traseiro, pinças com seis pistões na dianteira e um pistão na traseira. No M3 Competition Track, há discos duplos ventilados e perfurados de carbono-cerâmica com 400 mm x 38 mm na frente e 380 mm x 36mm atrás, pinças na cor dourada com seis pistões na dianteira e um pistão na traseira.

O M3 Competition Track também traz bancos concha com estrutura de fibra de carbono, além de capas dos retrovisores, aerofólio e apliques nos para-choques com acabamento de fibra de carbono. Rodas na cor preta, pneus semi-slicks e faróis M Shadow Line acompanham o pacote.

A gama de cores do novo M3 traz as seguintes opções: Branco Alpino, Preto Safira, Azul Portimao, Amarelo São Paulo, Cinza Brooklyn, Verde Isle of Man Green e Vermelho Toronto, com revestimento de couro Merino nas cores Preto, Azul Yas Marina com Preto, Silverstone com Preto, Laranja Kyalami com Preto.