Novo carro esportivo brasileiro, DuoExo é feito para arrepiar no Track Day

Data:

Compartilhe:

O formato dele é exótico e não se assemelha a nada disponível no mercado automotivo nacional. A carenagem é feita de fibra de vidro, envolvendo uma estrutura tubular com partes expostas. Dentro desse esqueleto metálico, há apenas dois assentos e o conjunto mecânico. Tudo é muito bem construído, e por mãos de brasileiros. Este é o DuoExo Track, um carro esportivo para quem busca acelerar e se divertir em autódromos durante os dias de Track Day.

Mas, calma. O modelo ainda não está pronto e talvez nunca chegue ao mercado. No entanto, pelo menos um exemplar, ou até sete unidades dele, certamente serão produzidos pela DuoExo, uma nova fabricante brasileira de carros artesanais criada por sete entusiastas viciados em gasolina.

DuoExo Track
Render do DuoExo com tema da Fullpower criado por João Melo (Divulgação)

“Tivemos a ideia de fabricar o carro em 2020, no início da pandemia, depois de participarmos de um curso online sobre veículos especiais”, relatou João Melo, um dos sete fundadores da DuoExo e atualmente o designer líder do projeto, em entrevista à FULLPOWER. “O plano inicial é construir um carro para cada membro da turma.”

O projeto parecia tão interessante que até o professor do curso de veículos especiais quis participar. Seu nome é Fábio Birolini, um dos criadores do Lobini H1, um carro esportivo produzido no Brasil entre os anos 2000 e 2011, e que hoje possui um status de mito sobre rodas. “O Birolini é o mentor do projeto”, revelou Melo.

O DuoExo Track segue a mesma receita do Lobini: é muito leve e equipado com um motor potente, apresentando uma relação peso/potência de apenas 5 kg para cada cavalo de potência. Segundo seus criadores, o primeiro protótipo pesa em torno de 800 kg, e o motor utilizado é um Ford Duratec 2.0 16V de 160 cv e 18 kgfm de torque, posicionado entre o centro e a traseira do chassi. O câmbio é manual de cinco marchas, com tração traseira.

DuoExo Track
Modelo tem um chassi tubular, que posteriormente será coberto por uma carenagem de fibra (Divulgação)

“Ainda há espaço para mais evoluções. O objetivo é reduzir o peso para 750 kg e o motor deve alcançar 200 cv de potência”, conta Melo, que desenhou o Track inspirado no design do carro esportivo britânico Ariel Atom, motocicletas Naked e em partes de aviões de caça.

Conforme dados da DuoExo, o Track é projetado acelerar de 0 a 100 km/h em 5,4 segundos e alcançar velocidade máxima de 210 km/h. “Um piloto bom nesse carro vai dar pau num piloto ruim de Porsche”, brinca o designer.

DuoExo Track fez um temporal em Interlagos

DuoExo Track
“Embrião” Track, o primeiro protótipo da DuoExo foi testado no Autódromo de Interlagos (Divulgação)

No fim de 2023, a equipe da DuoExo levou o Track para seu primeiro teste no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. “Foi a primeira vez que o carro, ainda um chassi exposto sem carenagem, andou num autódromo e ele se saiu muito bem. Na melhor volta, marcamos 2min3seg”, contou Melo. Como comparação, a melhor volta obtida no FULLPOWER LAP foi de 1min46seg140 em 2016, com um Porsche Carrera S.

“Esse carro é feito para andar na pista. É para aquele cara que tem um Porsche e não quer arriscar levá-lo para um track day, porque se ele sofrer um acidente ou alguém bater nele, perde o carro. O seguro não cobre e o sujeito toma um prejuízo de dois milhões de reais”, explica o designer da DuoExo, que já trabalhou na Fiat, Marcopolo, Renault e atualmente é um dos sócios da Arrow Mobility, que está projetando a primeira van elétrica do Brasil. Outra obra de sua autoria é o estilo da carrocerias dos novos carros da Stock Car 2025.

DuoExo Track
Carro tem excelente relação peso/potência de 5 kg para cada cv de potência (Divulgação)

O protótipo do carro da DuoExo está sendo montado e acertado em São Paulo, na oficina Gearhead Garage. O projeto também tem ajuda da MOVEdot, empresa dos Estados Unidos que presta consultoria na área de motorsports. Segundo o projetista, o primeiro veículo completo deve ficar pronto no segundo semestre deste ano.

DuoExo Track
Projeto oferece grande flexibilidade, podendo receber diversos tipos de motores (Divulgação)

Planos da DuoExo

João Paulo e seus outros seis parceiros ainda não sabem ao certo qual será o destino da DuoExo, mas isso não os impede de pensar no futuro. O próprio nome da empreitada deixa algumas pistas.

“O Duo é porque pensamos em dois tipos de veículo, o modelo de track day e uma versão off-road, no estilo baja, ambas baseadas na mesma plataforma. O Exo vem de exoesqueleto, que é uma característica marcante do design do nosso carro. Esse segundo veículo, no entanto, é algo para o futuro”, contou o designer automotivo com ar empreendedor.

DuoExo Track
Made in Brazil: construção do DuoExo é totalmente artesanal (Divulgação)

Caso o carro de track day da DuoExo se torne um produto disponível para o mercado, João Melo já tem uma estimativa de quanto ele pode custar. “É um brinquedo de luxo, estimo que o preço final pode ficar entre R$ 250.000 e R$ 300.000, mas tudo pode mudar, não há nada definitivo. Também pensamos em vender o carro em kits e o motor fica a cargo de quem comprar. São várias possibilidades”

Por ora, Melo também não faz promessas e segue trabalhando com tranquilidade, sem gerar grandes expectativas além de ver seu carro finalizado. “Não queremos ser mais uma daquelas empresas brasileiras que prometem construir mil carros por mês, consomem um investimento enorme e depois desaparecem. Neste momento, não queremos nos comprometer com esse tipo de coisa, mas é claro que sonhamos alto. Se depois nós enxergarmos que o carro ficou bom e se há mercado, podemos lançar o produto. Primeiro vamos cumprir as fases de desenvolvimento do carro e fabricá-lo para os sete membros da DuoExo.”

VEJA MAIS:

Criado por ex-funcionários da Troller, Guepardo é o novo off-road brasileiro

Grilo Mobilidade agiliza entrega de mercadorias com triciclo “eletrizante”

━ Relembre ━

Inscreva-se em
nossa Newsletter

━ Mais Lidas da Semana ━

As 5 marcas de bateria com melhor reputação, segundo o Reclame Aqui

Você já parou para pensar na importância da bateria...

Jeep relança Wrangler com pintura cor-de-rosa nos EUA

Após receber uma onda de pedidos, a Jeep decidiu...

BMW X5 será o primeiro carro híbrido plug-in produzido no Brasil

O Brasil está prestes a receber seu primeiro veículo...

Nova picape Chevrolet S10 tem pré-venda iniciada por R$ 281.190

Com apresentação ao público marcada para a próxima semana...