Criado por ex-funcionários da Troller, Guepardo é o novo off-road brasileiro

Data:

Compartilhe:

No Brasil, há quem chame esse tipo de veículo de “gaiola”. Já quem produziu esse 4×4 diz se tratar de uma categoria totalmente nova, a dos URVs. A sigla, em inglês, é um indicativo para Utility Recreational Vehicle, de Veículo Utilitário Recreativo, que é a definição do Guepardo fabricado pela Adventures Off-Road, a nova fabricante automotiva do Ceará.

Desenvolvido por ex-engenheiros da conterrânea Troller, o Guepardo não pode ser confundido com um UTV, como são os modelos da Polaris e Can-Am, por exemplo. Essa sigla tem outro significado – Utility Task Vehicle/Veículo Utilitário Multitarefa – e classifica um tipo veículo fora-de-estrada que tem outras características.

“Nós inventamos esse segmento, dos URV. O Guepardo é pauleira! Ele concorre com um UTV na performance, com um jipe na força e tração e com um SUV tradicional, na parte de conforto”, explicou cheio de empolgação Clauder Ciarlini, um dos sócios-fundadores e diretor-geral da Adventures Off-Road, em entrevista à FULLPOWER.

Guepardo na versão para quatro ocupantes
Guepardo na versão para quatro ocupantes; empresa também oferece uma versão para duas pessoas (Divulgação)

A Adventures Off-Road está na ativa trabalhando no projeto do Guepardo há mais de três anos. A fabricante foi fundada em 2021, mesmo ano em que a Troller encerrou as atividades. “Temos 11 pessoas trabalhando no desenvolvimento do Guepardo. Todos eles são ex-funcionários da Troller, com muita experiência em off-road”, contou Ciarlini, que montou a base da empresa em Maracanáu, na região metropolitana de Fortaleza (CE).

O diretor diz que criou a empresa num momento de ócio e para resolver um problema que pensava ser só dele. “Eu tinha uma faculdade aqui no Ceará, mas vendi ela em 2018. Quando fico ocioso eu começo a procurar ‘encrenca’. Foi nesse tempo que eu comecei a andar de UTV, fazer trilhar, participar de competições. Numa dessas brincadeiras, quase destrui meu UTV atravessando um rio e pra consertar foi um martírio. Todas as peças são importadas e caríssimas, fora a demora pra entregar e a complexidade de arrumar o veículo todo. Foi quando pensei: será existe um veículo desse tipo fabricado aqui no Brasil? Existia sim, no Rio de Grande do Sul, mas o prazo de entrega era de 14 meses, muito longo. Foi aí que eu encontrei a oportunidade para fabricar o Guepardo. Eu criei uma solução para o meu próprio problema e, talvez, de todos os trilheiros do Brasil.”

A própria Adventures Off-Road projetou a suspensão do Guepardo
A própria Adventures Off-Road projetou a suspensão do Guepardo, em parceria com a Offshox (Divulgação)

Guepardo com DNA de Troller

O Guepardo é um veículo recreativo com chassi tubular, carroceria de fibra de vidro e equipado com suspensão sinistra pra aguentar todo tipo de tranco. As “entranhas” do carro, por outro lado, são bem normais, com motor 1.6 litro Volkswagen e câmbio manual. E isso facilita a manutenção na máquina, segundo um dos responsáveis pelo projeto.

“Percebemos que os usuários de UTVs importados reclamam muito do câmbio CVT desses veículos, que a correia da transmissão não aguenta e quebra com certa frequência. Muita gente, inclusive, quando vai fazer trilha com esses UTVs leva uma correia reserva por que ela sempre quebra. Por isso, optamos pelo câmbio manual e acabar com esse problema pela raiz. Fora isso, é bem mais divertido para dirigir”, contou Moacir Braga, que trabalhou na Trollher por 24 anos e hoje atua na Adventures Off-Road projetando o Guepardo.

Guepardo tem motor 1.6 VW de 120 cv
Motor VW EA111 na traseira: versão usada no veículo tem turbo e cerca de 120 cv (Divulgação)

O motor VW usado no Guepardo é o EA111, o mesmo da linha Gol e Saveiro. Mas com a empresa cearense ele recebeu um turbo e novos componentes eletrônicos. “No Guepardo, esse motor turbo gera cerca de 121 cv. Ele ainda tem mais dois switchs que aumentam a potência, um para 140 cv e outro para 150 cv, por períodos de 10 segundos. É bom para o momento de subir uma duna, por exemplo”, revelou Braga.

Exceto pelos componentes eletrônicos que são importados, todas as partes mecânicas e de carroceria do Guepardo são fabricadas no Brasil, segundo o engenheiro da fábrica cearense. “Nós mesmos projetamos a suspensão do Guepardo, em parceria com a Offshox, e toda essa parte é fabricada aqui no Brasil. A outra opção era comprar um conjunto de suspensão importado, mas é muito caro. Custam em torno de R$ 40 mil a R$ 50 mil cada.”

Segundo Braga, comparado aos UTVs, os principais diferenciais do Guepardo “são o baixo custo de manutenção, a confiabilidade do equipamento, a segurança, os equipamentos disponíveis e o nível reduzido de ruído interno. Ele também oferece mais funcionalidades que os UTVs importados, como ar condicionado, e mecanicamente, o Guepardo é melhor.”

Guepardo em versão de rua está nos planos

O Guepardo que vemos nas imagens que ilustra essa página é o primeiro protótipo construído pela Adventures Off-Road. Trata-se de um modelo com carroceria para quatro ocupantes, chamado G400, que será o primeiro a chegar ao mercado nos próximos meses. A fabricante cearense também projeta uma versão do carro recreativo para duas pessoas, o G200, que também será lançado neste ano.

Testes do Guepardo são realizados no Ceará
Testes do Guepardo são realizados no Ceará, a terra do Troller (Divulgação)

“O Ceará é o ‘playgroud’ natural pra esse tipo de veículo. Aqui tem dunas e muitas estradas de areia, terra e cascalho. Estamos fazendo todos os testes aqui na região e mais adiante, na fase final de testes, vamos levar o Guepardo para uma pista de off-road de Curvelo, em Minas Gerais”, disse o engenheiro expert em off-road.

Mas a versão recreativa do Guepardo é apenas o começo ou “o primeiro capítulo da Adventure Off-Road”, como definiu o diretor-geral da empresa. “O Guepardo já tem tudo para avançar até uma versão para andar na rua, só falta homologar”, adiantou Ciarlini, que tem planos ambiciosos para a fabricante cearense sucessora da Troller.

“Teremos versões de rua do Guepardo, para dois e quatro ocupantes. Também planejamos versões de uso militar e outros modelos mais potentes, a gasolina, turbodiesel e elétricos. Ainda está nos planos um veículo enorme, para oito ocupantes, que chamamos de ‘Trolão'”, contou o fundador da Adventures Off-Road.

Adventures Off-Road Guepardo
Versão de rua do Guepardo será bem diferente, com o motor coberto e paralamas nas rodas (Divulgação)

Ciarlini revelou que a empresa vai repetir a fórmula da Troller de interação com clientes, realizando eventos com passeios e competições off-road com o Guepardo. A Adventure Off-Road também quer marcar presença no automobilismo.

“Nós já estamos selecionando nossa equipe que vai participar do Rally do Nordeste deste ano. Também vamos correr no Rally dos Sertões e, se tudo der certo, mais um ano ou dois, estaremos no Rally Dakar”, disse o fundador da empresa.

O novo veículo com tração 4×4 fabricado no Ceará ainda não tem data definida de lançamento, mas a empresa garante que o Guepardo chegará ao mercado ainda no primeiro trimestre deste ano. Enquanto ele não vem, a Adventure Off-Road aceita encomendas: o modelo G200 custa R$ 235.000, enquanto o G400 sai por R$ 245.000, ambos com prazo de entrega em até 60 dias.

━ Relembre ━

Inscreva-se em
nossa Newsletter

━ Mais Lidas da Semana ━

Ford celebra 60 anos do Mustang com edição limitada em 1965 unidades

Hoje, dia 17 de abril, é o aniversário de...

Jeep Commander ganha opções com motor 2.0 Turbo e fica até R$ 40 mil mais barato

Se algum dia faltou força ao Jeep Commander, isso...

Jeep Compass com motor Hurricane de 272 cv dá um show em performance

Segure o chapéu, pois vem aí um vendaval! Um...

As 5 marcas de bateria com melhor reputação, segundo o Reclame Aqui

Você já parou para pensar na importância da bateria...