spot_img

Novo Dacia Duster encolhe no tamanho, mas esbanja tecnologia

Data:

Compartilhe:

Em 2010, o Dacia Duster marcou o início do segmento de SUVs compactos na Europa e agora avança para sua terceira geração. A subsidiária romena da Renault anunciou a novidade nesta quarta-feira (29), introduzindo novas tecnologias e opções de motorização híbrida. O modelo renovado estará à venda no mercado europeu a partir de 2024.

Reformulado sobre a plataforma CMF-B da aliança Renault-Nissan, o Duster apresenta dimensões de 4,34 metros de comprimento, 1,81 metro de largura e 1,63 metro de altura. Apesar do interior mais espaçoso na parte traseira, de acordo com dados da marca romena, essas medidas são menores em comparação com a segunda geração. Em relação à capacidade do porta-malas, ela atinge 472 litros, sendo ligeiramente inferior (aproximadamente três litros a menos) à do modelo atual.

Adicionalmente, a Dacia realizou uma renovação completa no design do Duster. Assim, o veículo exibe um visual mais sofisticado, mantendo a característica robustez do SUV romeno que está presente no mercado há 13 anos.

Novo Dacia Duster encolhe no tamanho, mas esbanja tecnologia
Nova geração do Duster tem visual sofisticado, mas não deixa de lado a robustez (Divulgação)

Segundo David Durand, Diretor de Design da Dacia, as novas medidas do Duster foram determinantes para as mudanças estéticas.

“Antes mesmo de começar a trabalhar no estilo do Novo Duster, aperfeiçoámos as suas proporções, para encontrar uma postura forte e equilibrada. Quando você acerta as proporções desde o início, não precisa de artifícios para ajustar o estilo mais tarde.”

O design do novo Duster apresenta soluções ecológicas notáveis. Componentes como os proteções nas partes dianteira e traseira, laterais e nas caixas de rodas do carro são confeccionados com o material Starkle, resultado da parceria entre a marca romena e a LyondellBasell. Segundo a montadora, a composição desse material envolve 20% de conteúdo reciclado.

Ligeiramente menor que o modelo atual: o novo Duster mede 4,34 metros de comprimento
Ligeiramente menor que o modelo atual: o novo Duster mede 4,34 metros de comprimento (Divulgação)

Interior renovado e mais equipamentos de segurança

No que diz respeito ao interior, merece destaque o painel mais alto e vertical, que também incorpora referências ao design externo do carro. Esses detalhes são notáveis por apresentarem elementos que remetem à forma da letra “Y”. Tal padrão de design manifesta-se nos faróis, nas lanternas traseiras e até mesmo nas saídas de ar do sistema de climatização na cabine.

O novo Duster pode vir equipado com a central multimídia que possui uma tela de 10,1 polegadas, sendo que, no modelo básico (a versão Essencial), a tela mede 3,5 polegadas. Os usuários têm a opção de controlar o equipamento por meio do smartphone usando o aplicativo Dacia Media Control.

Painel do novo Duster ficou mais alto e vertical; tela da central multimídia tem 10,1 polegadas
Painel do novo Duster ficou mais alto e vertical; tela da central multimídia tem 10,1 polegadas (Divulgação)

Atendendo às normas de segurança veicular mais recentes na Europa, o novo Duster recebeu um vultuoso pacote de recursos de assistência de direção. Desta forma, o veículo vem equipado de fábrica com controle de velocidade de cruzeiro, sistema de frenagem autônoma de emergência, aviso de saída de faixa, faróis com acionamento automático, luz de parada de emergência, alerta de atenção ao condutor, entre outros.

Motorização

Além do visual renovado e da adição de mais equipamentos, o novo Dacia Duster também inclui novas opções de motorização. O motor 1.0 turbo TCe impulsiona o modelo de entrada, e a fabricante ainda não divulgou a potência desse propulsor. Trata-se de um motor “flex”, com a capacidade de funcionar tanto com gasolina quanto com gás GLP, armazenados em tanques distintos, cada um com 50 litros.

Outra opção é o sistema híbrido composto pelo motor a gasolina TCe 130 1.2 de ciclo Miller auxiliado por um propulsor elétrico de 48 volts. Combinamos, os dois motores geram até 130 cv.

Novo Dacia Duster encolhe no tamanho, mas esbanja tecnologia em itens de segurança e motorizações híbridas
Novo Dacia Duster encolhe no tamanho, mas esbanja tecnologia em itens de segurança e motorizações híbridas (divulgação)

Essas duas primeiras opções de motorização do novo Dacia Duster vêm sempre acompanhada do câmbio manual de seis marchas. Já a tração pode ser dianteira ou 4×4.

A terceira e última opção de motorização do novo Duster é o Hydrid 140. Este conjunto une um motor 1.6 a gasolina de 96 cv e outros dois geradores elétricos. Combinando todas as três fontes, a potência chega a 140 cv. Nessa versão, o carro é equipado com transmissão elétrica automática multimodos, com quatro marchas para gerir a força do motor a combustão e duas velocidade para os motores elétricos.

Quando chega no Brasil?

Prestes a ser renovado no Brasil com um pacote de reestilização, a terceira geração do Duster, sob o chapéu da Renault, ainda deve levar algum tempo para chegar ao mercado nacional.

Por ser um carro baseado na nova plataforma CMF-B, que estreará por aqui com o Kardian no primeiro trimestre do próximo ano, o novo Duster tem sua chegada ao Brasil aguardada entre 2025 e 2026.

Redação
Redaçãohttps://www.revistafullpower.com.br
O guia que te ajuda a escolher seu próximo carro, acessórios, produtos e serviços automotivos.
spot_img

━ Relembre ━

Inscreva-se em nossa Newsletter

━ Mais Lidas da Semana ━

Médio com preço de compacto: novo SUV CAOA Chery Tiggo 7 Sport parte de R$ 134.990

A CAOA Chery causou um rebuliço no segmento dos...

Dodge Charger elétrico deve vibrar e soar como se tivesse motor V8

Rumores publicados na imprensa dos Estados Unidos indicam que...

Renault 5: ícone francês retorna em versão modernizada com motor elétrico

O Renault 5, um dos carros mais emblemáticos da...

FULLPOWER LAP: aceleramos o GWM Ora 03 GT em Interlagos

O FULLPOWER LAP está de volta e mais eletrizante...