A oitava geração do Golf enfim foi mostrada, mas não conforme planejado pela Volkswagen. As imagens vazaram às vésperas da apresentação oficial do novo hatch médio, que ocorreu nesta quinta-feira (25). O Golf, na verdade, já havia sido flagrado sem camuflagem na semana passada, só que agora podemos ver com clareza toda a evolução do modelo, que mudou por fora e principalmente por dentro.

Começando pelo interior: como não notar a alavanca do câmbio à la Porsche 911? Ficou interessante o joystick no console. Repare também no botão de partida do motor, mais acima; ele agora tem formato retangular e não mais circular. O quadro de instrumentos digital e a central multimídia estão mais integrados e as saídas de ventilação, mais refinadas, lembram as do Passat.

Do lado de fora, o Golf VIII ganhou faróis de led mais afilados com prolongamento para os paralamas e grade mais estreita. As lanternas também são inéditas e o modelo passa a adotar a nova logotipo da Volkswagen.

Conforme a Volks já havia antecipado, o novo Golf conta com sistema híbrido leve de 48V, que desliga o motor a combustão mesmo com o carro em movimento, para melhorar o consumo de combustível. Falando em propulsor, o lançamento terá versões 1.0 TSI de 90 cv e 110 cv, com turbo de geometria variável, 1.5 TSI de 130 cv ou 150 cv, além do 2.0 TSI em diferentes configurações, podendo gerar até 300 cv.

Na Europa, também haverá opção do 2.0 TDI a diesel de 115 cv ou 150 cv, sem falar do 1.5 TGI movido a gás natural. As transmissões serão a manual de seis marchas e a automatizada DSG de dupla embreagem e sete velocidades.

A configuração híbrida plug-in, GTE, continua combinando motor 1.4 TSI a outro elétrico, mas agora entrega 204 cv ou 245 cv na versão mais potente. Segundo a marca, o novo Golf GTE pode rodar até 60 quilômetros no modo 100% elétrico.

E ai, curtiu as mudanças e novidades da oitava geração do Golf? Deixe sua opinião nos comentários.