Conheça o Lecar Model 459, carro elétrico brasileiro que será lançado em 2025

Data:

Compartilhe:

Marque bem esta data: em janeiro de 2025, finalmente deveremos ter um genuíno carro elétrico brasileiro entre nós! Estamos falando do Model 459 da Lecar – Automóveis Elétricos, empresa com sede em Barueri (SP) que pretende se tornar referência no ramo de veículos eletrificados no Brasil.

“Estamos finalizando a construção técnica do primeiro protótipo do Model 459. Se tudo correr como o esperado, pretendo apresentar o carro à imprensa especializada em janeiro de 2024. Estamos planejando um grande evento. Todo mundo vai ficar sabendo do nosso projeto”, revelou o empresário capixaba Flavio Figueiredo Assis, fundador e diretor da Lecar, em entrevista à FULLPOWER.

O primeiro protótipo do carro elétrico brasileiro está sendo construído numa instalação da Lecar em Caxias do Sul (RS), região que concentra um grande polo automotivo. “A maioria de nossos fornecedores são de Caxias do Sul. Por isso, é inevitável que a planta da Lecar seja construída lá. Isso vai facilitar muito a parte logística e reduzir os custos de produção”, contou Assis.

Carro elétrico brasileiro vai acelerar de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos
Lecar diz que o Model 459 poderá acelerar de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos (Divulgação)

“Além desse primeiro protótipo, vamos montar outros três protótipos do Model 459 no decorrer de 2024. Esses carros terão uma configuração muito próxima do modelo final de produção. Vamos usar esses modelos em nossos processos de testes e homologações”, adiantou o empresário, que é ainda é “novato” na indústria automobilística.

“Eu venho da área de contabilidade e direito. No passado tive uma empresa de cartões de alimentação, a Lecard. Nunca tinha mexido com carro antes. Eu nem gostava tanto de carro assim, mas agora gosto. Tenho plena consciência de que os carros, sobretudo agora os modelos elétricos, são um fator de desenvolvimento para qualquer nação e o Brasil precisa entrar nesse grupo”, contou o diretor da Lecar, que fundou a empresa em 2022. “Construir um carro está muito relacionado a burocracia e disso eu entendo.”

Carro elétrico brasileiro para famílias brasileiras

Construindo no formato de sedã, o Model 459 é um automóvel elétrico com espaço para até cinco ocupantes e capacidade para viagens longas. A Lecar promete que o veículo terá alcance em torno de 400 km. “Será um carro para famílias, mas também um automóvel muito divertido de dirigir como é todo carro elétrico”, prevê Assis.

Interior do carro elétrico brasileiro será super equipado
Interior de “nave espacial”: carro elétrico brasileiro será super equipado (Divulgação)

Em simulações de computador, a marca diz que o Modelo 459 acelerou de 0 a 100 km/h em apenas 3,8 segundos. Nessas mesmas projeções, o veículo também alcançou nota máxima de segurança em todos os critérios de crash-test do Latin NCAP.

“Levamos a parte de segurança muito a sério no projeto do Model 459. A estrutura do carro é de SMC (de Sheet Moulding Compound/Composto Moldado de Folhas), um composto de fibra de carbono e fibra de vidro. Carros da Porsche e da Ferrari usam essa tecnologia, por exemplo. O SMC também é aplicado em carros de Fórmula 1. Esse material é mais leve e muito mais resistente que o aço”, contou o fundador da Lecar.

Outro ponto interessante que vai colaborar com a segurança do carro elétrico brasileiro é a tecnologia das baterias, como indicou Assis. “Usamos baterias da Winston, importadas da China. É uma bateria de última geração, chamada LiFeYPO. É uma bateria que não pega fogo de jeito nenhum. Tem a desvantagem de ser mais pesada e ocupar mais espaço no carro, mas é muito avançada na parte de segurança. Carros elétricos da Volkswagen e da Hyundai já estão usando essas baterias.”

bancos dianteiros terão design de cadeiras gamers
Sedã para toda a família: bancos dianteiros terão design de cadeiras gamers (Divulgação)

A Lecar ainda não divulgou informações sobre outros itens de segurança que estarão presentes no carro elétrico brasileiro, como a quantidade de airbags e sistemas auxiliares de condução. “Ele vai ter isso tudo, logo teremos a lista completa desses equipamentos”, avisou o proprietário da futura montadora brasileira.

O Model 459 também promete ser um carro super equipado com recursos de entretenimento e conforto. O website da Lecar anuncia o veículo com bancos dianteiros no mesmo estilo de “cadeiras gamers” e o painel será dominado por um enorme monitor na parte central onde o condutor poderá controlar as diversas funções da cabine. A empresa também quer colocar no carro um sistema de carregamento de smartphones por indução e um sistema de som poderoso, o “Le Sound”.

35% chinês, 65% brasileiro

O projeto do Model 459 prevê um alto nível de nacionalização. “Eu diria que o carro é 35% chinês e 65% brasileiro”, explicou Assis, que acrescentou: “Nosso principal fornecedor estrangeiro é a Winston, da China, que fornece as baterias, o motor elétrico e os sistemas associados. Também vamos negociar acordos de transferência de tecnologia para produzir esses componentes aqui no Brasil.”

flavio assis lecar
Criador e criatura: Flavio Figueiredo Assis fundou a Lecar em 2022 (Divulgação)

Entre os fornecedores brasileiros, os principais nomes envolvidos no projeto com a Lecar são a Polirim do Brasil (que produz a carroceria do carro), Moferko (chassi e estrutura) e a Scan3D (que elaborou a engenharia mecânica do Model 459). Todas essas empresas são gaúchas, de Caxias do Sul.

“Estamos construindo o Model 459 inspirados nos carros da Tesla Motors, do Elon Musk. Inclusive, desmontamos um Tesla inteiro em Caxias do Sul para aprendermos mais sobre carros elétricos”, revelou o empresário.

Já o nome do carro é inspirado em outro Tesla, o inventor Nikolas, de acordo com o fundador da Lecar. “O nome Model 459 é inspirado nos números Tesla, 3, 6 e o 9, que para o Nikolas Tesla era o número mais importante e poderoso. Quatro com cinco dá nove, mais nove dá 18. Um com oito dá nove. São números que se comunicam.”

Protótipo do carro elétrico brasileiro em construção
Primeiro protótipo do Model 459 em construção na sede da Lecar em Caxias do Sul (Divulgação)

300 carros por mês e planos de exportação

A Lecar tem metas ambiciosas e se esses objetivos forem alcançados, a marca pode se tornar um nome importante no ramo de carros elétricos no Brasil e até com certa projeção internacional. Já no primeiro ano de produção, programado para 2025, a montadora estima que pode fabricar 300 veículos por mês e faturar R$ 13 bilhões por ano.

Assis já sabe até onde planeja iniciar as vendas do Model 459: São Paulo, Campinas e São José dos Campos.

“Essas três cidades no Estado de São Paulo possuem hoje as melhores estruturas de recarregamento para carros elétricos”, pontuou o empresário, que também confirmou o plano de montar pontos de recargas de carros elétricos. “Essa é uma parte importante no escopo do negócio da Lecar.”

lecar model459 04
A carroceria do Model 459 é fabricada pela Polirin do Brasil (Divulgação)

Assis contou à reportagem que a Lecar pretende criar uma rede de carregamento próprio ao longo de toda BR 101, que se estende por mais de 4.500 km entre os Estados do Rio Grande do Norte e o Rio Grande do Sul “Vamos instalar carregadores rápidos a cada 150 km dessa rodovia.”

Em um segundo momento, o empresário planeja a internacionalização de sua montadora, especialmente para os Estados Unidos, França, Itália e Mônaco.

“Quando se fala em Mônaco todo mundo pensa naquela cidade luxuosa, na corrida de Fórmula 1. Mas Mônaco também tem um subúrbio bem desenvolvido e lá se vende muitos carros elétricos. Os consumidores de lá adoram carros diferentes, exóticos. Um carro elétrico brasileiro pode fazer sucesso por lá”, contou o fundador da Lecar, que atualmente emprega 30 funcionários diretos em Caxias do Sul na construção do carro elétrico brasileiro.

Carro elétrico não é “modinha”

Flavio contou a FULLPOWER que teve a ideia de fundar a Lecar e fabricar um carro elétrico brasileiro depois de tomar conhecimento da Lei 8.723, publicada em 1993. Essa regulamentação trata da redução de emissões de CO2 de veículos automotores que prevê o encerramento da utilização de motores a combustão em automóveis fabricados no Brasil a partir de 2028.

Model 459 é anunciado com preço fixado em R$ 279.459
Carro elétrico brasileiro, Model 459 é anunciado com preço fixado em R$ 279.459 (Divulgação)

“Carro elétrico não é uma ‘modinha’ que vai passar. Uma hora vai ser lei, os carros com motor a combustão vão parar de ser produzidos. Mas ninguém fala disso”, contou o empresário, que anuncia o Model 459 com preço fixado em R$ 279.459 – o veículo, no entanto, ainda não está à venda.

“As pessoas ainda ficam muito decepcionadas com os preços dos carros elétricos. Mas veja só: 43% do valor do Model 459 é imposto. Precisamos de incentivos do governo, tal como acontece com a Tesla Motors nos Estados Unidos. Sem os impostos, o preço do carro já cairia para cerca de R$ 150 mil. Com uma linha de montagem estabelecida e trazendo os itens importados em maiores volumes, podemos reduzir ainda mais esse preço. Podemos chegar a um preço parecido aos praticados pela BYD e a GWM”, ressaltou o diretor da Lecar, que também vai oferecer o carro elétrico por meio de um programa de assinatura.

A estrutura do Model 459 é feita de SMC, mesmo material usado em carros de Fórmula 1
A estrutura do carro elétrico brasileiro é feita de SMC, mesmo material usado em carros de Fórmula 1 (Divulgação)

O diretor da Lecar afirmou que a primeira fase do projeto do Model 459, que inclui a construção dos primeiros protótipos e testes iniciais, deve consumir em torno de R$ 80 milhões. Já o desenvolvimento completo do carro elétrico brasileiro pode custar cerca de R$ 700 milhões e para erguer a linha de montagem, mais R$ 500 milhões.

“O Brasil é talvez o melhor lugar do mundo para a aplicação dos carros elétricas. Nossas maiores fontes de energia são limpas e renováveis. Também temos uma capacidade enorme para produzir baterias. Os principais minérios usados na fabricação de baterias existem no Brasil. Temos que aproveitar essa vantagem”, concluiu Assis.

VEJA MAIS:

Quer mudar as rodas do seu carro? Veja tudo o que você precisa saber

Piggy-back: conheça o sistema que engana o motor e deixa ele mais potente

━ Relembre ━

Inscreva-se em
nossa Newsletter

━ Mais Lidas da Semana ━

Não é fake: Entenda por que a Citroën vende uma van com duas frentes

Ninguém sabe se ela está indo ou voltando, e...

VW T-Cross 2025 tem visual renovado e mais itens, sem alterar os preços

SUV mais vendido do Brasil, o Volkswagen T-Cross acaba...

“Carro voador” da Embraer aparece em estágio avançado de produção

A Eve Air Mobility, empresa do grupo Embraer, revelou...

Adamastor Furia coloca Portugal no mapa dos países fabricantes de superesportivos

País conhecido pelos ótimos vinhos e pelo delicioso bacalhau,...