A Ford apresentou nesta semana suas principais atrações para o Salão do Automóvel de São Paulo, que ocorre entre os dias 8 e 18 de novembro, no São Paulo Expo. O grande destaque no quesito esportividade (Mustang que nos perdoe) foi o Edge ST, que se torna o primeiro modelo da marca com a assinatura Sport Technologies a ser vendido oficialmente no país. Quem apostava em Fiesta ou Focus ST, vai ter que se contentar com o SUV, pois dificilmente os hatches apimentados virão para cá.

Mas voltemos a falar do Edge ST. Irado, não? O visual imponente tem o reforço de rodas de liga leve de 21 polegadas, saídas duplas de escape para-choques exclusivos. Debaixo do capô, o utilitário-esportivo traz o nervoso 2.7 V6 biturbo de 335 cv e 54,4 kgfm, combinado com uma transmissão automática de oito marchas. A tração é integral e as suspensões têm acerto esportivo.

Entre os recursos de segurança e comodidade, o Edge ST conta com controlador adaptativo de velocidade, alerta de colisão com frenagem automática, câmera dianteira de 180º para auxílio a manobras, alerta de tráfego cruzado, assistente de faixa e central multimídia SYNC 3 com sistema de som da Harman e 12 alto-falantes.

A pré-venda do modelo será exclusiva para proprietários de veículos Ford. Preço? Nenhuma informação ainda. Mas pode esperar um cifra acima dos R$ 300 mil, já que a versão normal do Edge está tabelada em R$ 232.800.