Fórmula 1: Max Verstappen vence GP da Bélgica e se aproxima do título mundial

Data:

Compartilhe:

O que você verá neste artigo:

Neste domingo (28/08) a Fórmula 1 deu início a segunda metade da temporada 2023 com o grande prêmio da Bélgica no tradicional circuito de Spa-Francorchamps. A Red Bull, garantiu mais uma dobradinha para a equipe que é líder absoluta no campeonato de construtores. O piloto Max Verstappen foi o vencedor, seguido por Sergio Perez em segundo e Carlos Sainz (Ferrari) em terceiro. 

A CORRIDA

O Grid da corrida começou com Carlos Sainz na Pole Position graças a uma punição sofrida por Max Verstappen que teve o melhor tempo durante o treino classificatório. O Holantes precisou trocar alguns componentes do motor trocado e por isso largou na parte de trás do pelotão, assim como Charles Leclerc (Ferrari) que recebeu a mesma punição depois que também decidiu trocar alguns itens do conjunto mecânico. 

Pela ordem de classificação, os pilotos alinhados nas três primeiras posições eram Sainz, Perez e Fernando Alonso (Alpine). Largada autorizada, Sainz disparou na frente e conseguiu abrir alguns segundos de diferença para Perez. Enquanto isso na terceira posição, Alonso já visualizava Lewis Hamilton (Mercedes) se preparando para tentar uma ultrapassagem. 

Na curva quatro, logo após a reta oposta do circuito de SPA, Hamilton decidiu tentar ultrapassar Alonso, que deixou apenas o lado de fora para o Heptacampeão mundial. Durante a tentativa, faltou espaço e Hamilton tocou a sua roda traseira direita no carro de Alonso. No fim das contas a pior sobrou para Hamilton que começou a perder desempenho e teve que abandonar a corrida.

Verstappen, no fundo do pelotão, se beneficiou com o Safety car causado pelo carro de Hamilton. Na segunda volta o piloto da Red Bull já havia pulado de décimo quarto lugar para a quinta colocação, visando a disputa de um pódio. Durante a relargada, Sainz mais uma vez se saiu bem e disparou na frente. Já Perez, na segunda posição, começou a ser pressionado por George Russell (Mercedes) e Alonso.

Algumas voltas depois, as estratégias de pit stop começaram a acontecer. Verstappen na volta 18 já estava em segundo, visualizando Sainz que segurava a liderança até então. Na reta oposta, com a abertura da asa, Verstappen surpreendeu Sainz e realizou a ultrapassagem em cima do ferrarista para se colocar na liderança da corrida. Três voltas depois, a Red Bull já possuía uma diferença de 5 segundos a frente de Sainz. 

No meio do pelotão, Esteban Ocon (Alpine) protagonizou uma das melhores disputas da corrida em Spa-Francorchamps. Sebastian Vettel (Aston Martin) tentava uma ultrapassagem em cima de Pierre Gasly na reta oposta, mas não conseguiu. Logo atrás, embalado, Ocon veio pela esquerda e de uma vez só ultrapassou os dois carros.

Com 18 segundos de diferença, Verstappen passou na linha de chegada para garantir mais uma vitória, e estabelecer a contagem regressiva para vencer mais um campeonato mundial de Fórmula 1. O Holantes soma 284 pontos com mais de 80 pontos de diferença para o vice-líder Sergio Pérez . Leclerc agora é terceiro, com 186 pontos.

SI202208280648 hires jpeg 24bit rgb
(Photo by Rudy Carezzevoli/Getty Images)
SI202208280675 hires jpeg 24bit rgb
(Photo by Mark Thompson/Getty Images)
Redação
Redaçãohttps://www.revistafullpower.com.br
O guia que te ajuda a escolher seu próximo carro, acessórios, produtos e serviços automotivos.

━ Relembre ━

Inscreva-se em
nossa Newsletter

━ Mais Lidas da Semana ━

Mais leve e com potência extra, novo BMW M3 CS chega ao Brasil em tiragem super limitada

Mais potente, mais leve e mais rápido. Essas são...

Neta Auto, da China, confirma estreia no 2º semestre e planeja fábrica no Brasil

Nova marca chinesa no Brasil, a Neta Auto divulgou...

Última dança do V8: Ram 1500 Classic R/T é limitada em 100 unidades

O casamento entre as picapes Ram e os motores...

Depois de bombar nos EUA com 7.500 pedidos, novo Mustang GTD parte para a Europa

A pré-venda do Ford Mustang GTD terminou esta semana...