Se não vai nada bem na Fórmula 1, ao menos nos projetos de carros de rua a McLaren só tem motivos para se sentir feliz e veloz. Falando em velocidade, se liga nesses números: 403 km/h de máxima e zero a 300 km/h em apenas 12,8 segundos. É o que o fabricante britânico anunciou para seu novo hipercarro, o Speedtail.

Previsto para ser entregue ao primeiro comprador em 2020, o modelo já evidencia no design que foi desenvolvido para ser hiperveloz. Sua carroceria em formato de gota é toda de fibra de carbono e, para otimizar a aerodinâmica e reduzir o efeito de turbulência, incorpora elementos como câmeras retráteis na função de retrovisores, rodas dianteiras com coberturas fixas e aerofólio automático, que se projeta quando necessário.

A McLaren ainda não informou detalhes de motorização. Revelou somente que o Speedtail terá propulsão híbrida e potência máxima de 1.050 cv. Tal como no clássico McLaren F1, a posição do motorista fica ao centro da cabine e há espaço para dois ocupantes nas laterais. O banco do condutor é de fibra de carbono, enquanto que os assentos dos passageiros são parte integral do monocoque.

De acordo com o fabricante, serão produzidas 106 unidades do Speedtail pelo preço inicial de 1,75 milhão de libras esterlinas. Nada menos que R$ 8,1 milhões conversão direta. Tá querendo um? Que pena, já foram todos vendidos!