A Chevrolet apresentou nesta semana uma nova versão para a S10. Batizada de Z71, ela chega como opção mais aventureira e mais barata que a High Country para encarar rivais como Ford Ranger Storm e Nissan Frontier Attack. A S10 Z71 está posicionada entre as configurações LT e LTZ e tem preço sugerido de R$ 260.490. 

Sinônimo de robustez nos Estados Unidos, a sigla Z71 deu à S10 um estilo mais rústico, que troca os cromados da versão topo de linha por um acabamento mais escurecido. A dianteira traz grade pintada de preto e, no lugar da gravata da Chevrolet, a logotipo com a inscrição Z71 em vermelho e prata. A proteção inferior do parachoque é pintada de preto brilhante, mesmo tom aplicado na capa dos retrovisores.

As laterais contam com novas molduras plásticas nas caixas de roda, além de adesivos. Na traseira, a tampa da caçamba exibe a gravata da Chevrolet na cor preta, mesmo tom usado nos logos S10 e 2.8 CTDI. Há ainda estribos laterais, rodas de 18 polegadas com acabamento escurecido e um novo santantônio que se estende pelas laterais da caçamba e tem a inscrição Chevrolet vazada.

Por dentro, a S10 Z71 traz revestimento preto e cinza, bancos com costuras brancas e vermelhas e o logo Z71 nos painéis das portas. Na lista de equipamentos de série, há itens como seis airbags, assistente de descida, central multimídia MyLink com tela de 8”, capota marítima, faróis com regulagem de altura, ar-condicionado, indicador de pressão dos pneus, câmera de ré, sensor de ré e piloto automático.

Nada muda no conjunto mecânico da picape turbo diesel. A Chevrolet S10 Z71 é equipada com motor 2.8 de 200 cv e 51 kgfm de torque, combinado com câmbio automático de seis marchas e tração 4×4 com reduzida. A nova versão chega às lojas entre o fim de outubro e início de novembro.