Suzuki apresenta nova geração do Grand Vitara totalmente renovado e com motores híbridos

Data:

Compartilhe:

O novo Suzuki Grand Vitara finalmente foi apresentado, e como já era de se imaginar o SUV agora é híbrido. Depois de fases com idas e vindas, algumas trocas de nome e também várias mudanças, o veículo japonês parece ter se consolidado, chegando na sua quinta geração trazendo diversas novidades na tecnologia e principalmente na motorização.  

A estreia do novo Grand Vitara começa na índia, mas o utilitário tem chances de vir para o brasil rivalizar com Hyundai Creta e VW T-Cross no mercado de SUVs compactos. A reestilização desta vez foi profunda, principalmente levando em consideração que o modelo não recebe novidades desde 2016. A nova geração apesar de inédita possui diversos itens que já rodam no Toyota Hyryder. A Suzuki tem uma parceria com a Toyota e parece que isso tem se estendido.

Apesar de muitas coincidências entre Hyryder e Grand Vitara, vamos focar nas novidades do Suzuki. A dianteira recebeu luzes de LED diurno em formato mais fino, bem como os faróis que quase passam despercebidos. Em compensação a grade é bem grande com o emblema da fabricante centralizada acima próximo ao capô. Já na traseira, as lanternas horizontais seguem a tendência do setor automotivo sendo interligadas umas às outras. Neste caso a iluminação é apenas funcional, não se encontram. 

No interior, a fabricante japonesa aposta nos equipamentos. Desde as versões mais básicas até os modelos mais completos receberam ar-condicionado automático, central multimídia de 9’’ com câmera de ré, controle de estabilidade e chave inteligente. Já as opções mais caras do SUV ganham teto solar panorâmico, carregador sem fio para celular, assistente de voz com compatibilidade para Alexa, airbags laterais e de cortina, quadro de instrumentos digital de 7’’ e câmera com visão 360º. 

Grand Vitara Interior
Divulgação/Suzuki

Para essa quinta geração o Suzuki Grand Vitara será equipado apenas com motores eletrificados. O primeiro conjunto é do tipo híbrido-leve que combina o motor 1.5 a combustão com o sistema elétrico de 12v acompanhado de uma bateria de íons de lítio. Nesta configuração, são 102 cv e 13,8 kgfm podendo ser de cambio manual com cinco marchas ou automático de seis velocidades com possibilidade de ser de tração dianteira ou integral com sistema AllGrip. 

A segunda opção de motor, e também a mais tecnológica, vem de derivação Toyota com o sistema Intelligent Electric Drive. Se trata de um híbrido convencional com motor a combustão de 92 cv combinado a uma bateria maior e um motor elétrico que soma mais 79 cv. A potência combinada fica em 116 cv sempre com câmbio automático do tipo CVT com tração dianteira. Essa versão ainda possui quatro modos de condução (Normal, Eco, Power e EV), que de acordo com a Suzuki podem garantir 25 km de autonomia elétrica com um consumo chegando na casa dos  27,9 km/l.

Os preços do novo Grand Vitara ainda não foram divulgados. Aqui no Brasil a atual geração deixou de ser vendida no final de 2021, o que poderia indicar a possível chegada do novo modelo em terras tupiniquins.  Ainda é cedo para escalar a vinda do SUV ao mercado nacional, mas a própria mídia indiana já comentou que o novo Vitara poderá desembarcar em outros continentes. 

grand vitara perfil
Divulgação/Suzuki
Redação
Redaçãohttps://www.revistafullpower.com.br
O guia que te ajuda a escolher seu próximo carro, acessórios, produtos e serviços automotivos.

━ Relembre ━

Inscreva-se em
nossa Newsletter

━ Mais Lidas da Semana ━

Jeep relança Wrangler com pintura cor-de-rosa nos EUA

Após receber uma onda de pedidos, a Jeep decidiu...

As 5 marcas de bateria com melhor reputação, segundo o Reclame Aqui

Você já parou para pensar na importância da bateria...

Nova picape Chevrolet S10 tem pré-venda iniciada por R$ 281.190

Com apresentação ao público marcada para a próxima semana...

Novo carro esportivo brasileiro, DuoExo é feito para arrepiar no Track Day

O formato dele é exótico e não se assemelha...