spot_img

Fusca 1971 ao estilo “German Look” surpreende com um curioso motor de 250 cv

Data:

Compartilhe:

Este Fusca 1971 turbo é membro da família Takeda, responsável pela oficina especializada Restaurakar de São Paulo (SP), há muitos anos. Mas quem dirige e cuida do carro hoje em dia é um “agregado” dos Takeda, o Daniel Shoji Hayama.

André Takeda é cunhado de Daniel e antigo proprietário do Volkswagen. Em 2009, o carro chegou à garagem do customizador com funilaria e pintura para restaurar e motorização como saiu da fábrica. Depois de toda desmontada, a caranga começou a receber as melhorias. “A cor original é Azul Diamante, mas decidi na época deixa-la só um pouco mais clara”, explica André. A tapeçaria estava boa e foi mantida intocada.

VW Fusca 1971 Azul Diamante mais claro
A pintura desse Fusca 1971 é uma versão mais clara do tom original Azul Diamante da VW (Acervo FULLPOWER)

O motor original 1.5 foi aposentado, deu lugar a um bloco 1.9 já com turbocompressor. Com essa receita o Volkswagen ficou com André por três anos, antes do cunhado assumir o projeto. Foi aí que o carro, agora do Daniel, começou a receber as formas que você vê nas fotos. Não era o primeiro Fusca dele, que já tinha um Itamar 1994 e um 1961.

Como a carroceria do Fusca 1971 estava zerada, a atenção foi para o interior. O estilo com madeira foi deixado no painel e nas portas. Já a alavanca de câmbio e o volante vieram da Empi. Já os mostradores são da linha Bege da Cronomac.

Interior do Fusca 1971 German Look
Interior do Fusca 1971 tem bancos de couro, acabamento de madeira e instrumentos da Cronomac (Acervo FULLPOWER)

Essa grafia dos instrumentos surgiu por uma demanda da Restaurakar e ficou tão boa que depois entrou o portfólio da Cronomac. O conta-giros foi posicionado ao lado da coluna de direção, abraçado com o shif-light. Logo abaixo do painel original vêm três relógios. Eles mostram pressão de óleo, pressão de combustível e pressão na turbina. Escondida no porta-luvas está a

. O sistema de injeção já denuncia a mudança importante que André providenciou para o Fusca.

 

Fusca 1971 com turbo

Emerson Renato, da Concept Car, ficou responsável pela nova proposta de motor para o Fusca. A fórmula escolhida, e que está no carro até hoje, foi um bloco 1.6 redimensionado para 1.9 com turbo e sistema de injeção eletrônica da FuelTech, FT250, com corpo duplo de 40mm.

Motor 1.9 turbo do Fusca 1971 German Look
O motor 1.6 litro foi redimensionado para 1.9 l; turbo e injeção eletrônica completam a receita (Acervo FULLPOWER)

Para gerar cerca de 250 cv e 30 kgfm de torque, o turbo MasterPower trabalha com 1,2 kg de pressão. Ela fica deslocada, longe dos olhos de quem abre a tampa traseira desavisado. A customização que deixou o 1.9 quase todo preto também foi feito por Anderson Takeda.

Da prateleira da Mahle vieram os pistões de 94 mm forjados, bielas e virabrequim são originais e aguentam o tranco. Cabeçote de 8 aletas também é original, com válvulas de 35 mm na admissão e 31 mm na saída. Balancis Empi 1.25 e molas são especiais se juntam ao comando, que é original das últimas Kombi a ar. Os bicos injetores Iwp foram retrabalhados para 80 libras/hora. A German, loja especializada que fica no bairro da Mooca, em São Paulo, fez o escapamento de inox do Fusca 1971. “É um carro para curtir no fim de semana, ir aos encontros do clube”, explica Daniel.

Fusca 1971 German Look em Azul Diamante mais claro
A pintura desse Fusca 1971 é uma versão mais clara do tom original Azul Diamante da VW

Estilo “German Look”

O Fusca 1971 roda como se fosse novo pelas tortuosas estradas de Mogi das Cruzes. “Não era um carro de pista, mas sim algo que funcionasse em várias oportunidades”, explica o preparador da Concept Car.

No ensaio fotográfico, era fácil de manobrar o Volkswagen, com injeção bem acertada em todas as rotações. O câmbio usado no carro é da versão 1600 e está com acerto perfeito. A embreagem é mais dura, para suportar a força extra do turbinado. Ela foi encomendada na Ceramic Power, com platô para 980 libras.

Fusca 1971 German Look
Fusca da família Takeda foi preparado pelas oficinas Restaurakar e Concept Cars (Acervo FULLPOWER)

A preparação não ficou só no motor e carroceria. Suspensão mais baixa estava na lista de André. A equipe da Katraka, localizada na Zona Leste da capital paulista, ficou com a responsa. As rodas, de 17 polegadas e tala 7,5, são réplicas de Fuchs cromadas.

“Esse estilo de personalização usado no Fusca 1971 remete ao German Look”, explica André Takeda. Na suspensão traseira está um kit de facão regulável. Encurtada em 2 cm, a bitola dianteira dá outa personalidade ao Fusca. As mangas de eixo da Empi foram deslocadas. “No German look a referência são os Porsche, de onde se transplantam parte mecânica e peças para conseguir desempenho. No Fusca do Daniel há alguns elementos desse estilo, mas não os componentes”, conta o customizador.

As rodas do 1971 são aro 17 polegadas
Coisa fina: As rodas, de 17 polegadas e tala 7,5, são réplicas de Fuchs cromadas (Acervo FULLPOWER)

Fusca de família

Daniel faz parte da família Takeda, tanto pelos laços da árvore genealógica quanto pela paixão pelos Volkswagen a ar. “A gente brinca que ele precisou gostar dos VW para poder entrar para a família”, brinca o cunhado André.

Por enquanto o Fusca 1971, que ficou seis meses parado nessa última customização, não vai receber mais nada. Já com o Fusca 1961 a história é diferente. “Ainda vamos decidir o que fazer com ele”, conta Daniel enquanto coça o queixo. Acho que, em breve, Mogi das Cruzes vai ter outro Volkswagen de primeira desfilando.

Ficha Técnica

Motor – 4 cilindros boxer, 1.9
Alimentação – Injeção eletrônica, etanol
Potência – 250 cv (estimados)
Torque – 30 kgfm (estimados)
Transmissão – Manual, quatro marchas, tração traseira
Freios – Discos, tambores
Pneus – 205/40
Rodas – Aro 17” x 7,5”
Upgrade – Motor, suspensão, rodas, pneus, interior
Empresas – Restaurakar, Concept Cars

Redação
Redaçãohttps://www.revistafullpower.com.br
O guia que te ajuda a escolher seu próximo carro, acessórios, produtos e serviços automotivos.
spot_img

━ Relembre ━

Inscreva-se em nossa Newsletter

━ Mais Lidas da Semana ━

Orca: pilotamos a primeira moto aquática 100% elétrica que chegou ao Brasil

Falamos aqui na FULLPOWER no fim de janeiro sobre...

Dodge Charger elétrico deve vibrar e soar como se tivesse motor V8

Rumores publicados na imprensa dos Estados Unidos indicam que...

“Sleeper” de 500 cv: BMW 325 montado no RS roda disfarçado com motor de M3

BMW com câmbio manual, vermelho, esportivo… Cristian Silva, o...

Médio com preço de compacto: novo SUV CAOA Chery Tiggo 7 Sport parte de R$ 134.990

A CAOA Chery causou um rebuliço no segmento dos...