A nova geração do Land Rover Defender já está em pré-venda no Brasil. O modelo icônico chega ao país na variante 110 (quatro portas), com motor 2.0 turbo a gasolina de 300 cv e 40,8 kgfm, em três configurações: S, a partir de R$ 400.750, SE (R$ 426.750) e a topo de linha HSE (R$ 461.150). De acordo com o fabricante, há 150 unidades disponíveis para reserva.

Todas as versões do utilitário-esportivo contam com câmbio automático de oito marchas com o sistema de tração integral Terrain Response. Há ainda um recurso exclusivo para atravessar trechos alagados. A capacidade de transposição do SUV, aliás, é de até 90 centímetros.

Feito sobre a plataforma D7x, o novo Defender combina alumínio e aços de ultra alta resistência em sua estrutura monobloco. De acordo com a Land Rover, a construção é dez vezes mais rígida do que a do Defender anterior. A distância da carroceria em relação ao solo é de 29,1 cm e ângulos de ataque, de rampa e de saída são de 38º, 28º e 40º, respectivamente. Resistente, o SUV tem carga útil máxima de 900 kg, teto estático de até 300 kg e capacidade de reboque de 3.500 kg.

O visual do modelo segue os traços de modernidade dos demais Land Rover, mas sem perder as origens do Defender. Por dentro, destaque para o quadro de instrumentos digital de 12,3”, central multimídia com tela sensível ao toque e espelhamento de smartphones e ar-condicionado automático de três zonas. No Brasil, todas as versões terão suspensão pneumática, com ajustes pelo Terrain Response, além do sistema de câmeras inclusive no retrovisor interno.